Vamos falar sobre economia?

Em tempos de crise é tudo o que a gente quer, né?

No vídeo dessa semana eu selecionei 11 DICAS  PRÁTICAS que vão te ajudar a economizar no seu casamento!

Mas se não quiser assistir o vídeo, leia as dicas aqui:

1. Peça ajuda aos amigos e parentes!

Perceba entre seus amigos e familiares quem é que pode ajudar fazendo alguma coisa. Por exemplo, se a sua tia faz uma deliciosa geleia artesanal, porque não pedir que ela faça as lembrancinhas dos convidados? Ela vai ficar feliz em participar e vocês vão economizar.

Pense bem! Será que você não tem uma amiga talentosa que possa te ajudar com com a decoração do chá de panela? Ou tio que tenha um carro bacana e possa te levar para o casamento? Sim, são detalhes, mas é de pouquinho em pouquinho que a gente vai gastando sem perceber. Analise com cuidado as habilidades dos seus amigos e familiares. É bem provável que você encontre uma ajuda preciosa entre eles.

PS: lembrando que  a primeira dica de economia é: casamento não tem que ter lembrancinhas e carro legal pra te levar na igreja, porexemplo. Isso são “firulas”que podem agregar e dar mais charme ao seu evento. Mas se a ideia for economizar mesmo a primeira dica é abrir mão das firulas e focar no essencial 😉

frufru

2. Fazer um chá de artesanato

Convide as madrinhas e amigas e monte com elas um chá de artesanato. Nesse momento vocês vão colocar a mão na massa e fazer vários mimos do casamento. Por exemplo, as lágrimas de alegria, os porta guardanapos, fofurices para o decor, e por aí vai.

É claro que você pode fazer sozinha ou só com a ajuda da sua mãe e irmã. Mas é tão legal envolver as pessoas queridas nesses momentos pré wedding… Vocês vão ficar impressionadas com a “chuva de amor” que vão receber. Todo mundo falando do casamento, sonhando, imaginando. É DELICIOSO. Recomendo demais.

Inclusive tem vídeos no canal ensinando a fazer muitos mimos fofos, já viu?

Convide as meninas e aperte o play!

frufru

3. O estilo certo de recepção

O estilo da sua recepção vai interferir (e muito) no quanto você vai gastar. Um mini wedding, por exemplo, costuma sair mais ëm conta” do que uma festa para muitos convidados.

Outras propostas que também podem ser econômicas são o destination wedding, o bolo com champagne e o brunch. Percebam que eu digo que “podem ser” e não “vão ser”. Isso porque tudo vai depender das suas escolhas. É claro que um destination nas Ilhas Maldivas com tudo pago para os seus 300 convidados não vai ser nada barato. Mas é (super) possível, num destination, encontrar opções com a relação custo X benefício bem mais interessantes do que uma festa para 300 pessoas num salão de festas aqui em BH. Mas como sempre, cada uma das escolhas vai interferir no resultado final. Um mini wedding pode ter um custo super interessante mas também pode ser caríssimo se vocês escolherem sofisticar em cada detalhe.

Bom, o fato é que, se o objetivo é economizar, pense bem na hora de determinar qual vai ser o estilo do seu casamento. Isso vai influenciar muito nas somas que você vai fazer na sua calculadora.

Ah, e lá no canal tem vídeos falando sobre cada um dos estilos, explicando detalhadamente como funciona cada um deles. Passa lá quando terminar aqui.

frufru

4. Escolha um dia da semana e um horário diferente

Vamos parar com essa ideia de que só o sábado à noite é um bom momento para se casar? Que tal a sexta à noite? Sábado de manhã? E adotar a prática dos ricos e famosos e se casar em plena segunda-feira? Porque não?

Of course, seus convidados vão fazer uma carinha feia na hora em que souberem da novidade, mas é bom para as pessoas se acostumarem a sair do lugar comum. E quem tem ama de verdade e quer você feliz estará lá seja que dia for. E é só da energia boa dessas pessoas que vocês precisam. O resto? Que fiquem em casa assistindo Netflix.

É claro que se a ideia é ter uma festa que se estenda até altas madrugadas, uma baladona mesmo, o ideal é que seja sábado à noite sim, não vou mentir. Mas se:

  1. Vocês nem fazem questão dessa pista bombando até de manhã

ou

2. A ideia é ECONOMIZAR, gente!!!

Corre pro abraço e se joga na quinta à noite 😉

Ah, e tem post aqui no blog falando sobre casamentos aos domingos, clique aqui pra rever.

frufru

5. Convites pré prontos

Muitas empresas de convites oferecem convites pré prontos. Ou seja, o modelo (estampa, letra, gramatura, etc) já estão definidos. Eles só vão adicionar os dados de vocês (claro, né?).

Nesse caso vocês vão pagar mais barato porque vão abrir mão da exclusividade. Não terão uma estampa exclusiva exatamente o jeitinho que você sonhou. Mas vão sim encontrar convites lindos (mais sérios ou mais sóbrios) e ainda economizar um pouquinho!

frufru

6. Saia do óbvio, escolha um local diferente

Na hora de escolher o local da cerimônia/festa leve em conta  duas regrinhas:Pense em locais menos óbvios. Lembre-se da casa de um amigo que tem um jardim lindo, do prédio da sua tia que tem um salão de festas fantástico, daquele restaurante que vocês adoram, de um parque, uma praça, um museu, uma livraria, um hotel (hotéis costumam ter salão para eventos e tem se interessado muito por casamentos, viu?) … Enfim, coloque a cabecinha pra pensar e saia do lugar comum!!

frufru

7. Escolha um local lindo

Procure um local que precise de pouca decoração. Evite espaços onde há muito o que esconder (aquela parede descascada, aquela porta feiosa e por aí vai). Ao invés disso opte por espaços que já são lindos.

Espaços abertos, com muita natureza ao redor costumam ser perfeitos nesse sentido. Por exemplo, um casamento na praia precisa de muito decor? Não, né?

frufru

8. Use ítens da decoração como lembrancinha

Esse é o famoso dois em um. A decoração e a lembrancinha serão a mesma coisa! Eu explico. Use no decor um item que as pessoas possam levar pra casa depois. Vasinhos de plantas são ótimas opções.

Imagine que fofo espalhar vasinhos de suculentas pelas mesas com um recadinho fofo avisando que elas poderão ser levadas depois?

É, porque vocês não podem se esquecer de deixar claro para os convidados que eles podem levar os mimos pra casa para que a ideia funcione, ok?

frufru

9. Escolha flores da estação e as mais baratas

Leve em conta as estações do ano em que, em geral, as flores são mais baratas. Setembro, por exemplo, é um mês em que a relação custo x benefício das flores costuma ser bem interessante.

Mas, além do período do ano, leve em conta os custos das flores. Por exemplo, independente da época do ano, tulipas e orquídeas são flores mais caras. Então evite-as e procure escolher flores que normalmente são mais baratas.

frufru

10. Coloque mesas maiores

Procure colocar mesas maiores para que você precise de menos mesas. Quanto mais mesas, mais arranjos e mais toalhas. Então é melhor ter menos mesas maiores.

E na hora de pensar nos arranjos das mesas, pense em arranjos menores. Mas olha lá! Não estou falando pra você colocar mesas enooormes com arranjos pequeninos. Tudo tem que ser harmônico!! O que estou dizendo é pra você tentar colocar os menores arranjos possíveis. Quanto maior ele for, mais flor você vai precisar e mais caro ele vai ficar. Então procure evitar aqueles grandões (que são belíssimos eu sei, mas foco é foco!).

frufru

11. Escolha docinhos mais simples

Evite os docinhos estilizados. Prefira os docinhos simples (e gostosos) e coloque-os em forminhas lindas.

A mesa vai ficar linda, os convidados satisfeitos (porque afinal de contas os docinhos estarão gostosos) e vocês vão conseguir economizar!

frufru