Essa semana eu vou tentar tirar TODAS as dúvidas que eu costumo receber de vocês a respeito das damas de honra e dos pajens! Como devem ser os trajes, quem paga por eles, quantas crianças são, como convidá-las, o que elas levam mas mãos, etc…

Você pode ler tudinho aqui ou assistir o conteúdo em vídeo – no fim desse post 😉

frufru

Como surgiu essa história de damas de honra e pajens?

 

Na Idade Média as pessoas tinham muito medo dos maus espíritos e acreditavam que eles podia estragar um casamento. Para enganar esses maus espíritos várias convidados, inclusive as crianças, usavam as mesmas roupas que os noivos. Assim as energias negativas se dispersariam. Durante milhares de anos essa tradição ainda se manteve para as crianças. Meninos e meninas entravam, na cerimônia usando trajes de noiva e noiva e, dessa forma, ajudavam a enganar os espíritos ruins.

O tempo passou e essa razão não “cola mais” mas a gente continua AMANDO o momento mais fofo do casamento, que é indiscutivelmente, o momento da entrada das daminhas e pajens.

Ah, detalhe: não se usa mais as crianças usando a mesma roupa dos noivos, viu? Eles cumprem o papel, hoje em dia, de crianças especiais e não de mini noivos 😉

Tradicionalmente o menino leva as alianças e a menina joga pétalas de flores para ‘preparar’ o caminho para a noiva. Mas hoje em dia esses papéis não são nada fixos. Até porque é bem comum haver mais do que um casal na lista de kids do cortejo.

frufru

Quem paga a roupa das damas e dos pajens?

Não existe regra. É gentil os noivos se ofereceram para pagar já que eles estão ” criando” esse custo para os pais da criança. Lembrando que além da roupinha em si, tem o sapato, acessório, salão (no caso da menina fazer um penteado mais elaborado). Ou seja, é um gasto que muitas vezes pode comprometer o orçamento da família. E o que era pra ser um convite celebrado e feliz vira um fardo.

Mas como eu disse no início, isso não é regra. Caso os pais da criança possam arcar com os custos tranquilamente não há mal nenhum em acordar que eles façam isso. Como sempre a minha dica é: conversem. Se essa criança é mesmo importante na sua vida é bom que vocês e os pais dela tenham uma relação saudável e que possam sempre conversar sobre assuntos chatos como esse.

damas honra

frufru

Quantas crianças posso colocar?

O cortejo de entrada na cerimônia é uma coreografia, portanto, você pode criar a sua. Só leve em conta seu querido amigo “bom senso”.

Quando você coloca crianças demais, tira o caráter de privilégio de cada uma das crianças. Se você convida todas as crianças que você conhece, ou mesmo crianças que nem são tão próximas assim, tira aquele “ar” especial de homenagem de quando elas são escolhidas de forma especial e estão em número restrito.

Ah, e se você vai se casar numa instituição como uma Igreja, por exemplo, verifique se eles tem alguma restrição a quantidade de crianças antes de começar a pensar em convidá-las 😉

frufru

Tem que ser um casal? Preciso de quantas meninas e quantos meninos?

 

Não tem que nada. Não tem que ser um casal, não precisa ter a mesma quantidade de meninas e meninos. Não precisam ser todos da mesma idade.

Você vai montar a sua listinha de crianças de acordo com a quantidade de crianças, sejam meninos ou meninas, relevantes na sua vida. Não importa se serão só meninas, se haverão muito mais meninos, se o número é impar… Todas essas questões são irrelevantes, o que importa mesmo, é que as crianças sejam especiais para vocês e estejam ali simbolizando isso.

damas honra

frufru

Como e quando elas entram na cerimônia?

As crianças entram logo antes da noiva (após noivo e padrinhos). Exceto o porta alianças que entra no meio da cerimônia (na hora da troca das alianças).

Em geral, elas entram por ordem de tamanho, do menor para o maior, somente por uma questão estética (nada que você não possa mudar, caso queira). Monte o cortejo de forma que faça sentido para vocês 😉

frufru

Qual o limite de idade para ser dama/pajem?

Não há limite de idade. É claro que se você convidar crianças menores de três anos tem que estar preparada (o) para surpresas, rsrsrs. Essa criança pode chorar, pode se negar a entrar, pode desistir no meio do caminho… Enfim, as possibilidades são inúmeras! A minha filha, quando foi daminha (com dois anos) fez tudo isso. Primeiro se negou a ir, depois resolveu entrar mas no meio caminho voltou. Mudou de ideia mais uma vez (quando me viu lá na frente) e foi. Mas aí no meio do caminho começou a chorar, rsrsrs. Eu confesso que acho bonitinho essas “surpresas’ que elas aprontam, mas se vocês não estiverem dispostos a arriscar, quiserem ter certeza de que elas vão até o final, evitem convidar crianças tão pequenas.

E crianças mais velhas? Sem problema! Cada vez mais se tem visto damas adultas nos casamentos! Convide sem medo. Só se lembre de adaptar os trajes. Não coloque roupa de criança numa jovem ou vice versa 😉

frufru

Dicas para ajudar com as crianças mais novas

Mas se a ideia é mesmo arriscar com os mais novinhos aqui vão algumas dicas:

  1. Peça aos pais da criança para ficarem lá na frente acenando para  a criança. É bem provável que ela ao ver os pais ela vá até eles 😉
  2. Coloque a criança menor de mãos dadas com uma maior. Assim a maior ajuda a guiar a criança pequena e evita que ela fique no meio do caminho.
  3. Se a ideia é que um bebê entre, use um carrinho (com uma dama/pajem maior empurrando). É possível encontrar alguns lindos para alugar ou você pode decorar o próprio carrinho da criança.

damas honra

frufru

O que as crianças levam nas mãos?

As possibilidades são tantas… Balões, cestinha com pétalas, plaquinhas com escritos diversos, ursinhos, carrinhos, bonecas, bouquets pequeninos…

Escolha o que achar mais bonitinho – não se esquecendo de perguntar no local onde vai se casar se existe alguma restrição (algumas igrejas não aceitam balões, por exemplo).

frufru

O que dar de presente para damas e pajens?

Hoje em dia é comum os noivos entregarem um presentinho para as crianças na hora de fazer o convite. Primeiro, isso não é obrigatório. Já virou costume, mas não é obrigatório.  O principal presente é o convite para fazer parte de um momento tão importante da sua vida (por isso mesmo você não pode banalizá-lo convidando vinte crianças).

Mas se você quer mimar (no bom sentido) as crianças que ama, pense em presentes personalizados. Você não precisa dar o mesmo mimo para todas elas. Se uma não curte bonecas você vai dar só porque vai dar para todas? Se a ideia é agradá-las, pense num presente especial para cada uma, que tenha a ver como cada uma delas. Não se prenda a lembrancinhas clichês que são vendidas por aí como específicas para damas e pajens. Gaste um pouquinho do seu tempo para pensar numa coisinha especial para cada uma delas – é o que eu faria.

frufru

Como devem ser as  roupas das crianças?

Varia muito! Muita gente acha que é só colocar um terninho no menino e um vestidinho bolo na menina  e tá tudo certo! Na na ni na não!

Existem modelos específicos para casamentos sofisticados, na praia, no campo, mais leves, mais bordados, de manga comprida e por aí vai!

No vídeo abaixo eu mostro algumas opções de trajes para daminhas e pajens de estilos variados para vocês se inspirarem!! Todos eles são da Princess Damas que me emprestaram vários modelos para me ajudar a ilustrar essa diversidade!!

Mas eu já aviso: as chances de você se apaixonar perdidamente por cada um dos looks é de 99,9% !!!!

 


frufru