Em algumas cidades do Brasil já é comum, mas aqui em BH ainda é novidade (eu mesma ainda não vi em nenhum casamento):  picolés fazendo parte do buffet!

Imagina isso pra quem vai se casar no verão? Feche os olhos e se imagine num evento em que você está todo (a) animado (a), dançando (a), morrendo de calor… De repente aparece alguém com um carrinho (ou bandeja, não importa) recheado de picolés!! Geladinhos!! Saindo fumaça de tão gelados!!!! Fala se não seria um caso de amor?

Pra quem vai se casar na praia então… Praticamente obrigatório! Durante o dia, com o sol a pino, um sorvetinho é sempre bem vindo! Ah, e claro, a ideia fica linda também em chás de panela, noivado, e outros eventos pré wedding.

 Uma noiva amiga minha adotou essa ideia e recomenda! De acordo com ela foi uma ideia super simples e que fez o maior sucesso entre os convidados!

picolé

Detalhe: essa amiga negociou esse ítem com o próprio buffet, o que fez a ideia ficar ainda mais fácil de ser colocada em prática!

 

Para aprimorar a ideia, o site Casamento Click deu umas ideias ótimas:

  • Picolé imerso em uma taça de vinho com espumante dentro.
  • Batidinhas congeladas com palito dentro.
  • Picolé de suco de fruta com pétalas de rosa.
  • Picolé com lacinho no palito. A logística é chata, mas fica muito lindo.

picole-casamento

picole-casamento

Frufru

O local onde você vai servir o seu picolé também vai fazer a diferença! Uma linda bandeja, um carrinho, uma champanheira e até mesmo pratinhos lindinhos como essa da foto:

Ou numa caixinha bem inusitada, com muito gelo:

picoles-casamento

A ideia de colocar num copinho com gelinho em volta ajuda na praticidade para servir e dá charme:

picoles-lanche-da-madrugada2

Frufru

Muitas “marcas” e sorveterias já compraram a ideia e fornecem toda a logística para eventos:

A Kibon por exemplo, fornece o serviço (entra no site para você ver, é legal que na hora você vê os valores cobrados de acordo com o kit que você escolher). E no site também tem o “sorvetômetro”, que mostra quantos picolés você vai precisar, de acordo com a sua quantidade de convidados. Muito bacana! Mas… por enquanto só em São Paulo 🙁

kibon casamento

Frufru

Mas não chora não. A Easy Ice, que tem picolés deliciosos faz isso pelos mineiros (e de forma mais saudável, diga-se de passagem)!

Os picolés artesanais Easy Ice com certeza devem fazer bonito num casamento!

kibon casamento

Frufru

E eu sugiro que se você estiver interessado nessa ideia procure empresas (aquela sorveteria que tem na esquina da sua casa, sabe?) e faça a proposta! Acredito que a maioria delas esteja aberta a se aventurar no mundo dos eventos sociais 😉

E picolés artesanais são deliciosos!

Frufru

Quais sabores escolher?

É claro que quanto mais você quiser diversificar, mais você vai ter que investir. Portanto eu sugiro que você invista nos sabores clássicos que agradam a praticamente todo mundo:

Picolés de frutas (coco, limão e uva são sabores que agradam a todos), chocolate, baunilha e morango.

Agora, se a ideia é fazer do picolé uma estrela, vamos inovar:

Que tal um picolé de gim & pepino? Além de lindo, super refrescante!! (a receita você encontra aqui)

picole-casamento

Foto: the summer hunter

frufru

E que tal flores com champagne? Dá até para “casar” com as cores do decor da festa  😉

picole-casamento

Foto: Lauren Conrad

frufru

Ah, e eu não posso falar em sabores sem comentar do picolé mais famoso no mundo dos casamentos, desde 2015:

Bem-Casados-para-casamento Bem-Casados-para-casamento

O picolé de bem casados feito pela Diletto + Conceição Bem Casados (doceira que tem o bem casado mais famoso do Brasil). Mas não se anime, é mais um privilégio dos paulistas 🙁

Frufru

E a personalização?

Além de personalizar nos sabores, você pode personalizar os cabinhos do picolé colocando uma tag ou escrevendo direto no palitinho a identidade visual de vocês. Charme puro, né?

picole-casamento

Foto: Swoon by Katie

 

picole-casamento

Frufru

De um jeito ou de outro, amo essa ideia e com certeza ela entra para a minha lista de “por que não pensei nisso antes?”.