Outro dia, conversando por email com uma das noivas (que se tornou uma amiga virtual*)  com quem sempre me correspondo, ela me disse que, como ela era vegetariana e  o noivo dela era vegano, eles procuravam por buffets que tivessem uma boa opção de cardápio vegetariano e/ou vegano. Acabei me interessando pelo assunto e fui pesquisar sobre  isso.

Descobri que os vegetarianos e veganos sofrem muito para achar buffets que os atendam! Afinal, trata-se de um estilo de vida mesmo, um hábito que, pra alguns, é quase uma militância. E, embora alguns digam “mas tem que pensar em quem vai à sua festa e come carne”, isso não soa tão óbvio assim. Afinal, quando nós, carnívoros, fazemos uma festa, pensamos pouco naqueles que não comem determinados alimentos (servindo sem carne ou sem glúten, por exemplo) ou não bebem açúcar (servindo coisas diet, por exemplo). Porém, se alguém fizer uma festa só com alimentos vegetarianos, sem glúten e diets, não há ninguém que “não possa” comer ou beber algo disso (levando em consideração os exemplos anteriores), compreenderam?

Então… pra alguns vegetarianos ou vegans… servir carne na sua festa de casamento… é o mesmo que ser um defensor da ecologia sustentável e servir milhões de copinhos e pratinhos plásticos descartáveis na festa: uma incoerência pra eles mesmos.

A principal reclamação é que a maioria dos buffets serve opções muito restritas de salgados e pratos vegetarianos ou veganos. A maioria dos vegetarianos e/ou veganos contam que sempre se deparam com as “mesmices” dos buffets (geralmente mais vegetariano, mas quase nunca vegano): salgadinho de queijo, salgadinho de palmito, salgadinho de tomate com orégano…

Frufru

E para pensar um pouco mais sobre o assunto, assista esse vídeo onde eu falo um pouco sobre o assunto e levanto algumas questões sobre o tema:

Frufru

Créditos do vídeo:

Edição e Filmagem: Compota IP