A onda DIY parece ter vindo para ficar nos casamentos. E não é para menos! Os detalhes feitos com as próprias mãos trazem um toque de personalidade e afeto para a decoração, além de gerarem uma economia significativa para o casal.

Há quem goste dos itens artesanais em cerimônias e festas de casamento, mas há também quem não curta tanto a proposta DIY. Na verdade, não existe certo ou errado quando se trata desse assunto. É muito mais uma questão de estilo e gosto dos noivos mesmo!

Quer saber as principais vantagens e desvantagens de fazer um casamento DIY? Então continue lendo o post e descubra se o “Do It Yourself” combina com você!

casamento-diy-x-vantagens-e-desvantagens

frufru

Vantagens do casamento DIY

Economia no orçamento

Para começo de conversa, o casamento DIY tende a ser mais econômico, já que ao colocar a mão na massa, o casal diminui a contratação de serviços terceirizados. Só tem um detalhe: nem sempre o casamento DIY sai mais barato.

Primeiramente, existem muitas opções de matérias primas (lindas por sinal) e você pode acabar gastando bastante com papéis, rendas, pérolas, peças decorativas e afins. Em segundo lugar, por não ser especialista na confecção dos itens, você corre o risco de desperdiçar material e ter que refazer os elementos DIY. Vai por mim, só aposte em um projeto DIY se você tiver tempo disponível e certa habilidade manual.

Se a ideia é usar o DIY somente para economizar, vale pesquisar antes. Muitas vezes comprar o item pronto sai mais em conta porque o produtor tem já tem o maquinário e compra a matéria prima por um preço muito mais baixo.  Assim mitas vezes ele consegue vender o produto pronto por um preço menor do que você vai pagar nos insumos. Sem contar a sua mão de obra, né?

frufru

Personalização em cada detalhe

Essa é a vantagem que eu mais gosto. Como vocês sabem, eu amo casamentos personalizados e marcados pela identidade do casal. É tão bacana quando os convidados reconhecem os noivos em cada detalhe!

Bom, a proposta DIY traduz a personalidade dos noivos, traz originalidade e criatividade para o convite, decoração, lembrancinhas, cerimônia e por aí vai. Para completar, o DIY estimula as memórias afetivas e deixa a celebração com mais significado, afinal, além de colocar o coração e investir dinheiro, os noivos empenham também o seu trabalho na realização de um sonho.

frufru

Estreitamento de laços

Como assim estreitamento de laços, Bel? Assim mesmo. Você não entendeu errado! O DIY aquece os preparativos e aumenta a interação entre o casal. Além disso, o momento da produção dos itens favorece a troca de energias, emoções e sentimentos com todos os envolvidos no processo.

Você pode convocar as madrinhas para embalar as lembranças, chamar a irmã para caligrafar os convites, produzir o backdrop junto com o noivo e, até mesmo, recrutar a vovó para fazer biscoitinhos, suspiros ou aquele doce tradicional da sua família. Ter gente querida por perto, trabalhando em prol do seu grande dia vai ser uma delícia. Pode apostar!

Tem um post/canal aqui no blog onde eu e a Thaisy do Atelier de Sonhos ensinamos vocês a fazerem porta-guardanapos, vocês já viram? Passa lá para aprender 😉

frufru

casamento-diy-x-vantagens-e-desvantagens

Desvantagens do casamento DIY

Não combina com todos os estilos

Elementos DIY são lindos, não dá para negar, mas, apesar da beleza, essa proposta não é tão versátil quanto se imagina, afinal, o DIY não combina com todos os estilos e conceitos. Nos casamentos rústicos, românticos e boho, itens manuais ficam incríveis. Já nas decorações elegantes, luxuosas e sofisticadas, há de se tomar cuidado com o excesso de artesanato.

frufru

Nem todo DIY é original

O DIY está tão em alta, tão em alta, que desde que se tornou tendência, temos visto casamentos DIY muito semelhantes entre si. Tsurus, garrafas com flores, almofadas de crochê, estantes de pallets…Tudo isso é lindo e bem-vindo, mas não se esqueça de dar o seu toque pessoal e fugir do previsível. Você não quer que seu casamento DIY seja mais do mesmo, quer?

frufru

O acabamento às vezes deixa a desejar

O charme do DIY pode sim estar no ar desgastado e despojado dos objetos, mas os itens jamais devem transmitir desleixo. Tudo bem que você não seja um artista ou decorador profissional, mas nada de deixar cola quente, mancha de tinta, desfiados e rasgos que prejudiquem a estética do seu casamento, entendido?

Se começar a perceber que a ideia de produzir seus próprios itens está se saindo uma verdadeira furada, volte atrás. Sempre é tempo. Chame alguém com mais experiência para te ajudar, delegue ou contrate os ítens diretamente dos profissionais.

frufru

E você, gosta da proposta de fazer um casamento DIY? Se você curte itens artesanais e cheios de personalidade, se jogue!

Até a próxima com muito mais novidades!