Eu sei que muita gente ainda tem preconceito em relação a casamento temático, achando que ele fica estereotipado, parecendo festa infantil. Mas não é verdade.

Tudo depende de como você faz. Se houver sutileza, fica lindo. Lembrando que o tema será usado como inspiração. Não significa que ele estará imposto de forma óbvia em todo canto.

Em festa de criança, com tema de Branca de Neve, por exemplo, você vai encontrar a princesa em todo lugar. É bem provável que a própria aniversariante esteja até vestida da personagem. Mas num casamento você usaria as cores, elementos que remeteriam à história, de forma sutil, sabe? É claro que esse exemplo fica meio estranho, porque um casamento inspirado na Branca de Neve seria mesmo controverso, rs. Mas foi só para que vocês entendam a diferença entre um aniversário de criança temático e um casamento.

Bom, mas isso tudo vai ser bem ilustrado para vocês, na história abaixo, do casamento da Cybele e do Felipe, que foi temático. frufru

Por que um casamento mexicano?

Eu (Cybele) sempre gostei MUITO de cores – muito mesmo.

Então, quando começamos a pensar na decoração do casamento, logo decidimos que não queríamos tons clássicos, pasteis, paletas monótonas… daí comecei a me questionar: como poderia trazer cores para o casamento, de modo autêntico e criativo, mas que não perdesse a essência e a sofisticação mínima que uma festa de casamento pede?

Foi nesse contexto, então, que comecei a pesquisar possibilidades de paletas coloridas, até que me deparei com a inspiração da festa mexicana de 5 de maio e encontrei diversas ideias aplicadas em casamentos.

frufru

Essa ligação dos noivos com a história da Frida Kahlo é muito peculiar….

Quanto à Frida, sempre fui muito fã dela! Além de amar a sua arte e suas cores únicas, admiro demais a sua força, resiliência e autenticidade.

Acho incrível o fato de ela ter se tornado esse ícone, imperfeito e intenso… Acho que sempre a carreguei dentro de mim como inspiração (estética e pessoal) e ela inevitavelmente acabou integrando o conceito do casamento pela decisão de explorar a decoração mexicana.

México sem Frida é como Vaticano sem Papa (péssima analogia, eu admito!)

frufru

Como conseguiram desenvolver tantas coisas diferentes?

Só há uma resposta possível a essa pergunta: por causa da Prill, a decoradora mais louca e animada da face da Terra!

Foi a Prill, da “Vou Casar e Panz” que encarou esse desafio de realizar um casamento à distância, lutando bravamente pela atenção dos fornecedores.

Com a assessoria dela, foi possível materializar diversas ideias inéditas e (antes) impensáveis aqui em BH.

frufru

Quem fez aquelas flores de papel maravilhosas da cerimônia?

Também ideia da Prill, as flores de papel foram compradas em um site americano chamado Amols, que tem uma seção especializada em festas mexicana, com outros tantos itens de decoração incríveis.

frufru

Conte um pouco da história de vocês, como se conheceram e quando decidiram se casar.

A nossa história desafia todos os conceitos de tempo, ou melhor, ela confirma totalmente a relatividade dele. Nos conhecemos pelo Facebook: Felipe, um belo dia, me viu, gostou da minha foto e das minhas publicações, me adicionou.

Demorei uns 2 dias para aceitar, quando aceitei ele logo mandou mensagem (tirando as que ele havia mandado antes e não tinham chegado! rs). Conversamos, marcamos o encontro dali a 4 dias. Quando nos conhecemos, tivemos certeza: nunca mais iríamos nos desgrudar…

Com 8 meses de namoro decidimos juntar as escovinhas e começamos a planejar uma festa. E foi assim: dia 7/4/2017, exatamente um ano depois do primeiro encontro, estávamos no cartório, oficializando o encontro de nossas vidas. Dia 29/7 comemoramos a escolha com todos nossos amados.

frufru

Houve um pedido oficial de casamento?

Sim, embora já houvéssemos decido juntos… No pedido estávamos sós, foi um momento muito feliz e emocionante…

frufru

Vocês ficaram muito ansiosos durante o período pré casamento?

Ficamos mais ansiosos nas últimas semanas, quando o casamento é mais alternativo, a gente nunca sabe o resultado final!

E também estávamos com medo de não caberem todos os convidados na festa!

frufru

Qual foi o momento mais inesquecível do seu casamento? Por que?

A cerimônia foi o momento mais maravilhoso e inesquecível. A celebrante, Flávia Ayer, conseguiu contar a nossa história de amor de um jeito muito especial e tocar os corações de todos que estavam presentes. A cerimônia foi tão importante, que acredito que ela conseguiu unir os convidados em uma mesma vibração e foi ali que o tom de toda a festa foi iniciado.

As músicas tocadas de modo muito especial pelo grupo Bless também foram essenciais para a beleza e delicadeza do momento. Por fim, destaco os nossos votos em silêncio, ao som de “Certas Coisas” do Lulu Santos, que, para mim, foram o ponto alto de tudo que planejamos e desejamos para aquele dia…

frufru

Houve alguma divisão de tarefas entre vocês no período pré casamento ou vocês decidiram tudo juntos?

Praticamente todas as decisões foram tomadas em conjunto, tentamos equilibrar o máximo as atribuições para que nenhum dos dois ficasse mais sobrecarregado que o outro.

Fizemos assim, porque acreditamos que a festa do casamento é também um reflexo do tipo de relação que acreditamos e queremos construir, com igualdade, cumplicidade e parceria sempre.

frufru

Onde vocês se casaram (cerimônia e festa)? Por que escolheram esses locais?

Cerimônia e festa foram feitas no Restaurante Pellegrino. Desde o princípio decidimos nos casar lá, porque queríamos um clima de casa de vó em festa de família, todo mundo apinhocado, sabe? rs. Lá também é pertinho da nossa casa e da maioria dos nossos amigos, além de a comida ser maravilhosa – não tinha como dar errado.

frufru

 Algum fornecedor do seu casamento se destacou positivamente?

Sim, gostaria de destacar as meninas da Espetacular Doceria, que, embora contratadas apenas para uma torre de macarrons, ajudaram MUITO na montagem da mesa de doces, que chegaram muito em cima da hora e fora das forminhas enviadas por nós… se não fosse a caridade e boa vontade delas, não sei se teria dado tempo!

frufru

Quais dicas você pode dar quanto à organização do casamento?

É importante ter em mente o que é prioridade para os noivos dentre todos os itens necessários para o casamento. E, para a gente, o mais importante é que o casamento tenha a cara dos noivos.

Nada “TEM QUE SER ou TER”. Se algo não te agrada nesse universo, não faça. Se você ama demais alguma coisa que não parece combinar com casamento, se joga! Com bons profissionais te assessorando, não tem como dar errado!

frufru

Quais dicas você pode dar em relação ao dia do casamento?

Minha dica seria: exercite a presença. Nós nos dedicamos ao máximo em viver cada momento daquele dia com atenção, intensidade e presença. Tentamos estar sempre atentos durante a cerimônia e, na festa, em cada pessoa, cada conversa, cada abraço e palavra de carinho.

É claro que a percepção do tempo e da realidade dos noivos é muito diferente durante a comemoração, mas é possível, sim, curtir muito se ambos já forem com o objetivo de viver plenamente o presente.

aliancas Frida Kahlo making of noivo acessorios making of noivo gravata borboleta