Todo mundo aí preparado para se emocionar? Porque o post de hoje é desses.

O pedido de casamento surpresa que o João Gabriel preparou para a Dandara é daqueles de dar nozinho na garganta. Primeiro que a música foi feita por ele, pra ela. Só isso já seria motivo pra gente se debulhar no romantismo. Mas ainda teve o local que tinha significado, a presença de pessoas importantes… Aff… Num guento essas coisas não, gente. É muito amor.

Maaaaas, a história não termina aí, pelo contrário, ela só começa aí. Depois ainda tem as lindas fotos do casamento dos dois que foi um evento durante o dia, com ares vintage e rústico. Luzinhas, gaiolas, máquina de escrever antiga, convidados emocionados na cerimônia… Socorro, é muito amor num post só!

frufru

Como eles se conheceram

“Eu e o João nos conhecemos justamente em um casamento! Eu era a dama de honra e amiga da noiva e ele cantor e amigo do noivo. Confesso que quando bati os olhos naquele moço bonito cantando no altar meu coração pulou, mas, naquela noite nada aconteceu.

Um detalhe interessante é que um ano antes deste casamento, em um encontro com essa minha amiga, em um dado momento ela disse: “Amiga, você é a pessoa perfeita pro Joãozinho amigo do Bruno! Vocês se parecem muito!” Eu não fazia ideia de quem era o tal de Joãozinho, ri do comentário e segui a vida… mal sabia eu!

Passado o casamento da amiga, mais ou menos um mês depois, tive um sonho com o menino cantor! Nós dois de mãos dadas em uma igreja, dai estranhei o sonho e pensei: Vou add no face e dar um oi, não mata e nem arranca pedaço de ninguém… assim o fiz e, desde esse dia, conversávamos o tempo todo, sobre absolutamente tudo, porém, como amigos.

Pra mim era inacreditável existir alguém que se encaixasse tanto no meu jeito, nos meus sonhos e expectativas como ele! Me apaixonei perdidamente hahaha e, para minha surpresa, uns três meses depois, quando vim a BH (eu morava em uma cidade do interior), ele me chamou para passear, eu topei mais do que depressa e ele me levou a um dos lugares mais lindos dessa cidade, para a Serra do Rola Moça! Depois de sentarmos, ver o pôr-do-sol, jogar conversa fora (e me matar de frio) ele se declarou, e desde então não desgrudamos mais e não pretendemos nos desgrudar enquanto durar essa vida.

frufru

O pedido de casamento

Namoramos por dois anos até vir o pedido mais esperado do século!

O João planejou tudo de forma perfeita, eu não consegui desconfiar de absolutamente na-da (digo isso porque sempre estraguei todas as surpresas dele hahaha menos essa!). Tínhamos gravado uma música juntos que ele escreveu para um blog de um amigo, o The Love Code, e então surgiu a ideia de gravar um clipe para apresentarem a música no blog e eu concordei, achei super bacana a ideia, mal sabia eu…

Chegou o dia de gravar o clipe, 03 de março de 2016, lugar escolhido: Serra do Rola Moça (sim, onde saímos juntos pela 1ª vez!!), fizemos vários takes, a ideia era um ficar de costas pro outro cantando, repetimos mil vezes a música, e eu lá na mais pura inocência.

No milésimo take, em um dado momento onde cantávamos juntos, o João ficou em silêncio, e eu lá pensando “mas comassim?! Será que esqueceu a letra?!”, quando, DO NADA o menino saí do lugar dele e ajoelha na minha frente com as alianças e DO NADA aparecem familiares e amigos muito queridos nossos ao redor cantando e batendo palminhas, eu fiquei tipo “WHATTT?!”, foi sensacional! Não podia ter esperado algo mais lindo e emocionante da parte dele, e, é CLARO que eu disse sim depois de cair a ficha do que que tava acontecendo ali.

Para mais explicações assistam o video:

frufru

Sobre os preparativos e o grande dia

Nós escolhemos a data de 09 de outubro de 2016, ou seja, tínhamos 7 meses até o casamento! Muitas diriam: Noooossa, que noiva doida! Mas sim, queríamos que fosse para ontem! E com a ajuda imprescindível do nosso Deus tão querido, 7 meses foi tempo mais que suficiente.

Nós sempre desejamos um casamento simples, descomplicado, e livre das formalidades excessivas, queríamos que fosse algo leve, onde todos que estivessem ao nosso redor se sentissem confortáveis e “em casa”. Partindo desse princípio foi fácil escolher tudo que queríamos, bastou pensar com o coração (e, pensando com o coração, 85% dos nossos fornecedores escolhidos eram nossos amigos ou conhecidos muito queridos).

Escolhemos o local, um sítio rústico, com uma beleza natural exuberante onde existe um “anfiteatro” de banquinhos de madeira de frente para uma mega-árvore, pronto, local perfeito! Para nossa alegria eles ainda forneciam o buffet!

Depois escolhemos a decoração, os doces, o vestido (que eu fiz com o La Pen Atelier, meu Deus, foi amor à primeira vista pela Roberta! Não poderia ser em outro lugar, ela conseguiu traduzir toda a minha personalidade e sonhos em apenas um vestido, sensacional!), fotografia, som, make e cabelo (que foram feitos por duas madrinhas e amigas muito muito amadas) e etc.

Tudo verdadeiramente escolhido com o coração.

Um detalhe legal é que toda a parte de música e som foi responsabilidade do João, os músicos eram grandes amigos nossos e no nosso repertório estavam apenas músicas que faziam parte da nossa vida, entre elas 3 de autoria do João para mim (owwnn).

As lembrancinhas foram feitas por mim, minha mãe e uma prima, muito gostoso esse momento com elas, e ficaram lindas do jeito que eu sonhava!

Outro detalhe é que no dia do casamento deixei as daminhas escolherem o que elas queriam fazer, quem queria levar a aliança e quem queria jogar as florzinhas, mais democrático assim! rs

frufru

O dia do casamento

Eu entrei com a minha mãe (infelizmente, devido a alguns probleminhas meu pai não pode comparecer, mas ficou lá de casa mandando muito amor para a gente) e assim, o João entrou com o pai e a mãe dele, foi lindo.

Na semana do casamento choveu praticamente todos os dias, porém, eu não fiz um plano “B” porque como diria Hebreus 11:1, “a fé é a certeza daquilo que esperamos e a prova do que não vemos”, bom, eu sonhei muito com aquele dia gostoso ao ar-livre, e tinha certeza que o Senhor prepararia tudo da forma mais linda e não deu outra! Solzão no domingo com direito a pôr-do sol mara na hora da cerimônia! Graças a Deus.

Tudo saiu como planejamos e sonhamos, um casamento onde o amor de Deus, bem como aquele que temos um pelo outro e pelos nossos familiares e amigos se sobressaiu ante às coisas materiais. Todos estavam bem à vontade, felizes e dotados de uma energia fora do sério de tão boa. Até o que deu errado, deu errado para dar certo.

E o grande dia foi lindo, perfeito, muito mais do que podíamos esperar ou imaginar, e fico feliz em relatar aqui um pouquinho da nossa história e poder dizer a todos que o amor verdadeiro é verdadeiro mesmooo, e na hora certa ele sempre chega e nos leva a viver momentos inesquecíveis como estes aqui descritos. ♥

Dandara”

casamento-rustico-de-dia casamento-rustico-de-dia casamento-rustico-de-dia casamento-rustico-de-dia casamento-rustico-de-dia casamento-rustico-de-dia casamento-rustico-de-dia casamento-rustico-de-dia casamento-rustico-de-dia casamento-rustico-de-dia casamento-rustico-de-dia casamento-rustico-de-dia casamento-rustico-de-dia casamento-rustico-de-dia casamento-rustico-de-dia casamento-rustico-de-dia casamento-rustico-de-dia casamento-rustico-de-dia casamento-rustico-de-dia casamento-rustico-de-dia casamento-rustico-de-dia casamento-rustico-de-dia casamento-rustico-de-dia casamento-rustico-de-dia casamento-rustico-de-dia casamento-rustico-de-dia casamento-rustico-de-dia casamento-rustico-de-dia casamento-rustico-de-dia casamento-rustico-de-dia casamento-rustico-de-dia casamento-rustico-de-dia casamento-rustico-de-dia casamento-rustico-de-dia casamento-rustico-de-dia casamento-rustico-de-dia casamento-rustico-de-dia casamento-rustico-de-dia casamento-rustico-de-dia casamento-rustico-de-dia casamento-rustico-de-dia casamento-rustico-de-dia casamento-rustico-de-dia casamento-rustico-de-dia casamento-rustico-de-dia casamento-rustico-de-dia casamento-rustico-de-dia casamento-rustico-de-dia casamento-rustico-de-dia casamento-rustico-de-dia casamento-rustico-de-dia casamento-rustico-de-dia casamento-rustico-de-dia

frufru