Quando eu cheguei aqui nos Estados Unidos e comecei a descobrir o universo dos casamentos por aqui, percebi de cara muitas diferenças culturais nos nossos rituais.

Mas uma delas, me deixou extremante feliz. Já na primeira semana em que cheguei, comprei uma revista de casamentos e qual não foi minha surpresa ao ver muitos casamentos homoafetivos comtemplados na revista! Não estou falando de um ou dois. Estou falando de vários.

Ao longo dos meses (estou completando quatro meses aqui) percebi que não foi ao acaso, não tinha a ver com aquela revista específica. Casamentos gays são muito comuns aqui. Conversando com meu professor de inglês ( e olha que ele já é um senhor com seus mais de 70 anos de idade), ele me contou que já esteve em vários, e que isso é a coisa mais normal do mundo. Ficou assustado quando contei que no Brasil ainda é bem raro.

Não sei nem explicar para vocês como isso me deixou feliz. Primeiro porque é lindo ver que o mercado de casamentos e a sociedade aqui já entendeu que TODO MUNDO pode se casar, viver rituais de amor e serem felizes. E segundo porque vi que os casais homoafetivos aqui se sentem acolhidos para escolherem viver esse dia especial. Morro de tristeza de ver isso tão raramente no Brasil – eu mesmo já estive em um só.

E é lógico que quando as meninas (a fotógrafa Cecília Ganzarolli e a cinegrafista Keylla Garcia) me mandaram esse ensaio eu quase pulei de alegria! E sempre que eu encontrar material de qualidade sobre o tema, vou postar, divulgar! Para incentivar os casais gays a viverem esse ritual de amor que é tão lindo e que eles tem todo o direito de viver. Quero muito que a realidade que eu estou vendo aqui, seja a nossa, em pouco tempo. Que TODO MUNDO se sinta no direito e com vontade de manifestar e espalhar seu amor por aí. Vamos casar, gente!

frufru“Projeto Cada amor é único, um ensaio sobre diversidade.

De todos os obstáculos da vida de um casal, registrar o seu amor não pode ser um deles. Milhares de casamentos acontecem todos os anos no Brasil, com festas, celebrações e alegrias, mas quando o assunto é casamento LGBTQ o caminho não é esse.

Muito preconceito, muita desinformação são comuns para quem busca esse sonho. Percebendo a dificuldade dos casais em conseguir encontrar fornecedores para celebrar o casamento a fotógrafa Cecília Ganzarolli e a cinegrafista Keylla Garcia, se uniram para realizar esse ensaio.

Com o desejo de que nenhum casal apaixonado, seja coagido e se frustre com a possibilidade de realizar o sonho do matrimônio, elas realizaram esse projeto lindo, repleto de delicadezas que retratam e constatam: cada amor é único.

Elas entenderam que a representatividade do ensaio, pode inspirar outros casais, e pode dar perspectivas para uma comunidade reservada ao preconceito e que precisa celebrar o amor como um ato revolucionário.

Seja como for, de quem for, se for amor, elas estarão lá.”

frufru ensaio gay - sobre diversidade ensaio gay - sobre diversidade ensaio gay - sobre diversidade ensaio gay - sobre diversidade ensaio gay - sobre diversidade ensaio gay - sobre diversidade ensaio gay - sobre diversidade ensaio gay - sobre diversidade ensaio gay - sobre diversidade ensaio gay - sobre diversidade ensaio gay - sobre diversidade ensaio gay - sobre diversidade ensaio gay - sobre diversidade ensaio gay - sobre diversidade ensaio gay - sobre diversidade ensaio gay - sobre diversidade ensaio gay - sobre diversidade  frufru Assistam o vídeo, é tão lindo!…

https://youtu.be/_-QOaX3SJrY